fbpx

Serralheiro: o ofício que merece todo o nosso agradecimento

Entre tantas profissões que estão no mercado, poucas se mantêm como um ofício. Aquela atividade que exige técnica e habilidades específicas. Assim é a serralheria, que celebrou no dia 23 de abril, o Dia do Serralheiro.

Aqui na Alumiconte temos uma relação muito próxima com esses profissionais, afinal, eles são o grande público consumidor de nossos produtos. Mais da metade do material produzido na fábrica é vendida para ser utilizada por um serralheiro na fabricação de esquadrias.

A admiração aos serralheiros é tamanha que nosso fundador Ari Conte idealizou a construção de uma serralheria dentro da fábrica. É o Centro de Qualificação Alumiconte, um projeto voltado para o treinamento de colaboradores e atendimento aos clientes. O objetivo é auxiliar os novos compradores e mostrar como é o ofício para o público interno para, quem sabe, formar novos serralheiros. O centro está em construção e em breve deve estar pronto.

A alta demanda da construção civil, que se mantém aquecida, reflete também um bom momento para quem trabalha com serralheria. Com uma capacidade produtiva anual superior a 4.800 toneladas de alumínio extrudado (transformado em produto) e 12 milhões de componentes, já vimos muitas histórias destes profissionais ao longo desses últimos 33 anos. Vamos conhecer algumas delas?

 

Experiência que se transforma em empreendedorismo

Com experiência surpreendente, pela pouca idade e longa estrada na profissão, Cristian Fabi, de Veranópolis, é um dos jovens serralheiros que aprenderam o ofício e apostaram nele para empreender. Há menos de um ano, em junho do ano passado, ele e o amigo Miguel Quadri viraram sócios para tocar a Moldex Esquadrias, uma das tantas empresas que são clientes da Alumiconte.

Os dois trabalharam juntos acumulando mais de dez anos de experiência em outra empresa do ramo antes de dar o passo de empreender no setor e assim acompanharam também a evolução no exercício da atividade. “Hoje em dia tudo mudou. Antigamente era mais artesanal, tudo tinha que ser à mão. Hoje em dia tem máquinas que fazem toda essa parte economizando tempo e ajudando na precisão das peças”, analisa Fabi, de apenas 27 anos, dez dedicados à profissão.

Trabalhar no ramo da construção civil é também fazer parte da realização das pessoas, já que as obras concretizam, literalmente, os projetos de muitas empresas e famílias. Participar deste momento é uma das principais recompensas do serralheiro Mateus Poli, da empresa Alumax, há três anos no mercado e também cliente da Alumiconte. “Como serralheiro e empreendedor é muito gratificante e satisfatório poder passar nas obras e ver os clientes satisfeitos com o meu produto e ter participado do sonho dessas pessoas”, conta.

Com ele trabalham a esposa e mais duas pessoas na cidade gaúcha de São Jorge. Assim como grande parte dos serralheiros, ele aprendeu a profissão em um curso profissionalizante e com muitas horas de mão na massa, ou melhor, no alumínio. “Entrei no ramo de esquadrias, quando comecei a trabalhar de empregado em uma empresa de aberturas, lá ofereciam seis meses de curso para aprender no corte e montagem. Percebendo o amor à profissão, após sete anos resolvi abrir a minha própria empresa”, conta Poli.

Assim como ele, muitas histórias como esta se repetem mundo afora dando seguimento a um dos ofícios mais antigos do mundo. A fabricação de componentes foi a primeira linha de produção aqui na fábrica. Há 14 anos, praticamente metade da idade da Alumiconte, investimos na fabricação de perfis, o que ampliou muito a nossa capacidade de atendimento ao mercado.

Em toda essa trajetória o desenvolvimento do setor serralheiro foi determinante para nosso crescimento. Temos clientes históricos que se mantêm comprando apenas componentes e outros que compram as duas linhas. O pequeno serralheiro que atende o consumidor direto, a pessoa física, é um cliente significativo, com alto potencial e merece nossa atenção no atendimento e desenvolvimento de produtos.

Por isso, mais do que celebrar todos os profissionais que atuam no setor de serralheria, é dia de agradecer a todos que emolduram sonhos e paisagens.

Leonardo Guarda

Gerente Administrativo da Alumiconte.

 

Receba notícias,
últimos lançamentos,e tudo sobre a
Alumiconte.